12º dia – enfim em Ushuaia

Chegamos bem tarde pela noite em Ushuaia. Depois de quase 12 horas de viagem para percorrer 600km de Rio Gallegos-ARG a Ushuaia. Incluindo aí várias aduanas e estradas de rípio (estradas de pedras bem redondas, que lembram seixos).

Já na chegada sentimos a temperatura bem baixa. Uns 4 graus e com chuva.

Chegamos no Hostel La Posta, bem agradável por sinal, e capotamos.

Anúncios

12º dia – De Rio Gallegos a Ushuaia – aduanas

Quando você for para Ushuaia lembre-se que para chegar lá você tem que fazer uma certa ginástica burocrática. Ushuaia é argentina, mas a Terra do Fogo é uma península metade chilena e metade argentina. Veja o mapa abaixo:

Ushuaia - Tierra del Fuego

Então é o equivalente a sair da Argentina, passar para o Chile e depois de algumas horas voltar para a Argentina. Nunca carimbamos nossos passaportes em tão pouco tempo. Entre filas e preenchimentos de formulários perdermos o equivalente a 3 horas. Quedamonos muy aburridos!

12º dia – de Rio Gallegos a Ushuaia ARG

Check-out feito no Hostel Sleepers Inn fomos em direção a Ushuaia. Seriam uns 600 km até lá.

Pegamos a Ruta 3 e depois de mais ou menos 1 hora e meia paramos para atravessar o Estrecho de Magallanes (Estreito de Magalhães). Demos muita sorte porque esta balsa é de 2 em 2 horas e chegamos bem na hora que uma vinha chegando.

Já na margem do Estreito vi um golfinho pulando. Muito bacana. Subimos com o carro na balsa e pagamos os AR$ 80 (R$ 56). É um trecho rápido mas o suficiente para apreciar a paisagem com alguns golfinho acompanhando a balsa, ficam nadando por entre as marolas que a balsa produzia. Muito lindo de se ver. Haviam alguns pingüins nadando também. Este golfinho é um tipo diferente dos cinzas que costumamos ver. Trata-se de um golfinho que lembra uma orca pelas cores fortes brancas e pretas.